Zero

Zero

postado em: Mãe, eu que fiz! | 0

O que aconteceria se de repente um dia a Terra perdesse sua gravidade intermitente e progressivamente? Zero, uma impressionante e inovadora série de ficção científica, pode mostrar.

Mas antes, é legal você se despir de obviedades e de tudo o que está acostumado ao assistir séries.

Não, não estou fazendo uma crítica ao método como você ou todo mundo assiste séries.

Mas acontece que Zero é apresentado de forma, digamos, um tanto diferente.

Nem sei se é série ou curta metragem. Mas…

Calcada principalmente no emocional, Zero não traz respostas prontas, mas deixa perguntas no ar.

Não é uma série que diz o sentimento que seu expectador deve sentir. Pelo contrário.

Vai parecer estranho o que vou falar, mas é uma obra bem realista, com personagens e dramas reais. Quase como se você fosse no mercado e se deparasse com estra história.

Mas, nesse caso, seria legal andar com alguns pesos nos bolsos.

Zero

Escrito e dirigido pelo espanhol David Victori, um dos nomes mais célebres do cinema mundial, Zero é voltado para os fãs de cinema alternativo.

Único em seu tipo, Zero conta a história de um pai e seu filho, que estão emocional e fisicamente separados quando são surpreendidos pelo fatídico dia em que a Terra perde sua gravidade intermitentemente.

A criança, perdida, perambula pela cidade obcecada em tentar encontrar uma resposta para a morte recente de sua mãe, enquanto seu pai tenta desesperadamente encontrá-lo no meio de um mundo que desmorona ao seu redor.

Naftalina Humor - Zero

YouTube

A série foi criada para o YouTube a partir de um prêmio ganho pelo diretor.

O Your Film Festival foi uma competição internacional que em 2012 uniu o Festival de Veneza, o diretor Ridley Scott e a comunidade de fãs de filmes do YouTube em uma busca para descobrir a próxima grande promessa no mundo da narração de filmes.

O vencedor do prêmio, o diretor David Victori, recebeu do YouTube a possibilidade de criar conteúdo original produzido pelo YouTube com Scott e o ator e produtor Michael Fassbender como produtores executivos.

O resultado pode, agora, ser conferido em quatro episódios de 10 minutos cada na plataforma de streaming Claro Vídeo.

E é, isso mesmo, são apenas 4 episódios de 10 min cada.

Vale

É diferente? É!

Mas vale a pena? Vale e vale muito!

Confere o primeiro episódio:

Está afim de algo mais “normal”? Confere aqui. 🙂

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *