Secret City

Secret City

postado em: Mãe, eu que fiz! | 0

Com a proliferação de séries e seus adoradores na Netflix, abriu-se caminho para produções internacionais deste estilo de narrativa. E muita coisa boa aparece. Como a australiana Secret City.

Com uma inspiração de House Of Cards, desmembrando o sistema político, Secret City conquista pelo seu ar racional e sóbrio.

Secret City

A história se passa em meio à crescente tensão entre China e América. Após encontrar um corpo mutilado a beira de um lago, a jornalista Harriet Dunkley aproxima-se da verdade. Acaba descobrindo uma cidade secreta de conspirações que ameaçam sua carreira, sua vida e colocam em risco a liberdade de todos os australianos.

Naftalina - Secret City

Filmado em Parliament House e locais em Canberra e Sydney, Secret City é inspirado nos romances best-sellers The Marmalade Files e The Mandarin Code. Livros estes escritos pelos jornalistas políticos Chris Uhlmann e Steve Lewis.

Suspense em camadas

Os roteiristas atingem as notas certas para cada personagem e ação na série. Com um desenrolar meticuloso e cheio de reviravoltas, cada capítulo nos apresenta novas possibilidades de suspeitas e verdades.

A começar pela cobertura política de Harriet. Ao melhor estilo jornalismo investigativo, suas descobertas acabam por trazer um processo por difamação ao seu jornal.

Começa ali uma busca pela conspiração para uma peça de interesse humano envolvendo um estudante universitário australiano detido na China, após um protesto sobre o tratamento do Tibete.

Naftalina - Secret City - Australia

Enquanto isso, os enredos políticos secretos da Cidade desafiam os senadores de diferentes partidos enquanto tentam determinar o melhor rumo para seu país.

Ainda com uma terceira camada: um plano de inteligência que se concentra em um analista experiente que está passando por uma crise de consciência.

Todos os três segmentos, além da história de protesto de Harriet, estão interligados em uma complicada teia de intrigas, e os principais participantes de cada esfera devem se unir para desvendar toda a extensão das maquinações no trabalho.

Protagonistas femininas

Outra atualização para a fórmula padrão de suspense é a indiferença feminista de Secret City. Os escritores de Secret City fizeram as mulheres as mais poderosas da história. Aos homens foi dados papéis como coadjuvantes ou vilões.

Uma aposta que vale a pena

Com capítulos que beiram os 60 minutos, não é uma série que deve ser assistida enquanto se mexe no celular ou limpa a casa. Reserve um momento para aproveitar a série. Além de trazer belas paisagens, o elenco é fantástico. Cada nova ação desenrola uma nova suspeita e expectativa. Com certeza é uma aposta que vale a pena.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *