Saiba mais antes de assistir DeadPool 2

Saiba mais antes de assistir DeadPool 2

postado em: Mãe, eu que fiz! | 0

Esta semana estreia nos cinemas DeadPool 2, a continuação da saga do Mercenário Tagarela em sua missão de ser o maior anti-herói dos cinemas. Não que esta categoria exista, mas ele faz questão cita-la para vencer a disputa contra Wolverine neste quesito.

Assim, antes de ir ao cinema e vender um rim para encher o balde de pipoca, saiba tudo o que precisa saber para entender minimamente sobre a história. Porque sair do cinema só achando os efeitos especiais legais não tem graça.

Porém, não se envergonhe de saber pouco de DeadPool. A Gente sabe que você se preparou mesmo foi para assistir Vingadores: Guerra Infinita. E não iria perder tempo com este coadjuvante que é pior que Russell Crowe em A Múmia.

Ainda mais que é Ryan Reynolds quem dá vida ao violãozinho metido a engraçado. Exato, o mesmo mala que interpretou Lanterna Verde no filme homônimo. Ou melhor, horroroso!

Por outro lado, DeadPool já dizimou o Universo Marvel. Isso antes ainda do tal Thanos. Aliás, o próprio Thanos só está lá porque não cruzou o caminho de DeadPool. Então, o mínimo de respeito preserva os dentes.

Enfim, a vida é sua. Você sabe o que fez e o que não fez para ter aberto este post e estar lendo até aqui.

Em suma, conheça mais sobre DeadPool.

DeadPool

Criado por Rob Liefeld (guarde este nome), com a ajuda de Fabian Nicieza, Wade Winston Wilson, o DeadPool aparece na década de 90 e vem conquistando mais fãs por seu humor um tanto quanto falho e seu distanciamento de bom mocinho. Tipo Adam Sandler.

De sua origem pouco se sabe, além do fato de sua mãe ser filha de carvoeiro. Teve uma infância problemática, optando por ser andarilho e trocar de identidade sempre que novos problemas apareciam. Fazendo plástica mesmo! Gretchen parece ser fã do método.

Ainda na adolescência começou a trabalhar e treinar com um mercenário, executando vitimas que “mereciam” morrer.

Quando foi diagnosticado com câncer, se candidatou para o Projeto Arma X (o mesmo de Wolverine), na época em que usava uma identidade Canadense. Sua intenção era receber as células regenerativas para combater o câncer.

Porém, juntamente com a cura, veio uma série de efeitos colaterais como instabilidade emocional, mental e um rosto deformado. Michael Jackson, saca!?

Só que o experimento deu errado e Wade foi transferido para uma espécie de hospício para projetos que deu errado. É lá que sua ira se torna incontrolável.

Concluindo: tentaram explicar o motivo para DeadPool ser tão violento mas na real a explicação não existe, porque não se sabe muito de sua infância.

Francis, Wolverine e Marvel são apenas gasolina para uma chama que sempre existiu.

Estou muito filosófico!

DeadPool – Filme 1

Antecipadamente é preciso reforçar que não há dó aqui. Se você sentiu peninha de Wade vai assistir outra coisa, tipo Lagoa Azul.

DeadPool é uma história basicamente movida por vingança e falta de motivos óbvios para matar. E as mortes são sanguinárias e violentas.

No primeiro filme foi feito um resumão para apresentar a história:

DeadPool – Originalmente, no hospício para  onde Wade foi transferido após os erros do Projeto Arma X, havia um balcão de apostas para saber qual paciente morreria primeiro. No filme as apostas foram mantidas, mas aconteciam em um bar. Essa é a origem do nome DeadPool.

Francis – Foi um assistente FDP do Hospício que torturava e matou Wade, assim como matou seu melhor amigo. Ou tentou matar Wade. No original seu coração foi arrancado. No filme teve uma cápsula sem oxigênio. Mas ambas liberaram a ira de DeadPool.

Vanessa – Grande paixão do protagonista, No filme é uma linda mulher interpretada pela não menos linda Morena Baccarín. No original esta paixão é iniciada pelo ser mpsitico Death, que o visitava no hospício durante as sessões de tortura e depois pelo seu casamento com Shiklah, a rainha dos mortos, a partir da HQ DeadPool#27.

Curiosidade: A capa desta edição entrou para o Guinness Book como a imagem com maior quantidade de personagens do mundo: 232!

Naftalina Humor - DeadPool - Capa Guinness Book

DeadPool 2

Não sei. Ainda não estreou. Mas li isso no site Omelete. Não parece nada com o trailer, mas, eles estão a mais tempo que a gente na internet, então, devem ter alguma credibilidade:

Não.. não vou copiar o que eles escreveram.

Uma coisa que sei é que as cenas pós créditos estão uma atração à parte! Legal avisar, porque fui assistir Vingadores e sai antes da cena pós crédito. Ninguém avisou que tinha.

Humor, Marketing e Quebra de Quarta Parede

DeadPool consolidou-se com uma estratégia brilhante de Marketing.

De coadjuvante nas histórias Marvel, passou a fazer parte do cotidiano das redes sociais com sacadas ótimas! Confira algumas:

David Beckhaam – No primeiro filme Wade zoa com a voz e David. Fizeram uma ação para pedir desculpas.

 

Diretores de Vingadores – logo após o lançamento do filme, os diretores de Vingadores fizeram uma campanha para controlar os Spoilers do filme. Ryan Reynolds usou o seu Twitter para postar uma “carta aos fãs” de Deadpool que tira sarro da campanha. Os diretores responder com um belo dedo do meio de Thanos.


DeadPool e Wolverine – Ryan Reynold fez pedidos públicos para um filme entres as personagens. Em uma entrevista, Hugh Jackman respondeu com bom humor:

“Eu tenho um pequeno recado para Ryan. Eu amo você cara. Amo Deadpool. Mal posso esperar para ver o novo filme. Você é um de meus melhores amigos. Amo Blake, a família, tudo. Mas… dê uns passos para trás, cara. Se faça de difícil um pouco. Está exagerado, não é sexy!”

Até o Rubinho Barrichello entrou na jogada!

Até a interpretação de Celine Dion para a música Ashes,  não passou impune.

 

Leia mais curiosidades sobre DeadPool aqui, e assista o trailer aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *