Crítica ‘O Autor’: Uma boa história na Netflix

Crítica ‘O Autor’: Uma boa história na Netflix

postado em: Mãe, eu que fiz! | 0

Alguns de vocês já devem ter passado os olhos pelo filme ‘O Autor’, disponível na Netflix. Poucos param para ler sua sinopse, entretanto, muitos podem deixar passar sua profundidade.

‘O Autor’ é uma produção feita entre Espanha e México, estrelado por Javier Gutiérrez e dirigido por Manuel Martín Cuenca.



Enredo

O filme conta a história de Álvaro, um aspirante a escritor que vê o sucesso de sua esposa nesta área em que ele tanto sonha em trabalhar. Ainda inconformado com o sucesso da mulher, ele percebe sua vida mudar quando ele descobre que ela o traía.

Álvaro então decide tirar férias no trabalho e se mudar para um apartamento alugado. É nesta hora que ele percebe que a vida dos novos vizinhos poderia render um bom livro.

 

Atuação

Javier Gutiérrez desempenhou bem seu papel neste filme. Ele entrega o autor que quer ter seu trabalho reconhecido, mas também está preso à uma vida mundana, cheia de dificuldades e inseguranças.

Crítica

‘O Autor’ é uma daquelas agradáveis descobertas na Netflix. É um filme com um bom roteiro, boas atuações e direção segura. Quando Álvaro começa a manipular os vizinhos afim de ter uma boa história para seu livro, senti o filme com uma pegada estilo ‘O fabuloso destino de Amélie Poulain’.

No caso de O Autor, porém, o filme se mantém mais sério, fugindo de situações cômicas. Em alguns momentos você chega a repensar se deveria ou não torcer pelo personagem principal. Mas é isto mesmo que espero de um filme que tenta retratar a realidade.

Para um filme que fala de literatura e cotidiano, o roteiro é bom e entrega uma boa história. Em primeiro lugar, Apresenta personagens reais, com problemas e personalidades factíveis. Há também um clima de suspense que vai crescendo, deixando o espectador preso tentando entender onde a influência de Álvaro sobre os vizinhos vai parar.

O final se estende um pouquinho mais do que eu acho que deveria. Mas isto não tira do espectador um final surpreendente e realista.

Vale muito a pena ser conferido por todos que gostam de literatura e cinema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *